Contato e informações sobre Consulta:

(16) 3913-4758 / 3621-6511 / 99123-2299


Atividade física é benéfica entre os portadores de glaucoma

Embora não haja comprovação científica, cada vez mais estudos indicam melhor controle e até prevenção para o glaucoma entre as pessoas que praticam atividades físicas aeróbicas.

Para analisar os efeitos dos exercícios na pressão dentro dos olhos, diversos estudos avaliaram pacientes com a doença que faziam exercícios aeróbicos regularmente com ou sem uso dos colírios específicos comparado à pessoas sem glaucoma.

Foi observado em estudo realizado na revista Int J Neurosci. (2006) que havia uma significativa redução da pressão intra-ocular após a realização de exercícios. A diminuição da pressão intra-ocular se inicia tão logo o exercício se inicia e é tanto maior quanto maior for a intensidade do exercício, e esta baixa vai permanecer por maior tempo se o exercício tiver uma duração maior. No entanto, estes experimentos foram sempre realizados empregando atividade física contínua e sem resistência, ou seja, exercícios como caminhadas, corridas, bicicletas, sempre por algum tempo prolongado. Este efeito ocorria tanto em pessoas saudáveis como nos dois grupos dos portadores de glaucoma. Baseados nos resultados, os pesquisadores destacam que os exercícios aeróbicos moderados, como caminhada, são benéficos e devem ser recomendados a pessoas com glaucoma.

Portanto, a prática de hábitos saudáveis e o abandono do sedentarismo são bem-vindos entre os portadores de glaucoma.
Vale lembrar que o abandono do sedentarismo também pode ser importante para evitar ou ao menos postergar o surgimento do glaucoma, conforme indicam outros estudos.

O próximo passo da pesquisa é identificar como outros tipos de exercício afetam a pressão intra-ocular, especialmente em pacientes sob medicação.

Em contrapartida exercícios em que a cabeça está abaixo do coração, por períodos prolongados de tempo, como, por exemplo, alguns exercícios de yoga, não são recomendados porque podem causar o aumento de pressão intra-ocular, assim como a execução de instrumentos como o trompete, onde as pressões exigidas são muito altas, também não são recomendados.

Converse com seu médico, faça uma avaliação física e comece a se exercitar! O glaucoma está longe de ser motivo para desânimo e abandono das práticas alegres e saudáveis.

(Fonte: American Academy of Ophthalmology)


  • Clínica Dr. Marcelo Jordão
  • Galileu Galilei, 1685
  • Ribeirão Preto, SP
  • 14020-620